terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

DIAS DE OLHEIRAS

Às vezes, seria bom que desse a mim mesmo dois pares de estalos.
Para quê opinar e escrever sobre política, se há mil papagaios, uns mais encartados que outros, a fazê-lo de minuto a minuto?
Há, pelos dias e pelos espaços, tantos sinais que podem suscitar um comentário e uma opinião.
Do dia de hoje, retenho um sinal perturbador.
Uma conhecida marca de cosméticos entra pelo pára-brisas do carro a gritar em trombetas coloridas o seu "creme anti-olheiras".
Um creme para disfarçar e esconder um mal dos nossos dias mal dormidos.
A solução vem numa bisnaga ou num frasco. Que se paga.
Contudo, pergunto eu numa inocência infantil se, ao invés do creme para disfarçar/atenuar as olheiras, não seria melhor tentarmos dormir um pouco mais...
É melhor que o creme e não é preciso pagar!

2 comentários:

Caroteno disse...

Estou a imaginar...

"Não fazemos perguntas... peça o seu sono grátis... e Dê cabo dessas olheiras"

Aprovamos o sei sono sem perguntas e verá as suas olheiras a desaparecer...hehe

força companheiro...dá-lhe gáz!

More Than Words disse...
Este comentário foi removido pelo autor.